quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Não gosto de dedos do meio
Não gosto do meio da semana
Menos gosto do meio do mês
Detesto dedos do meio no meio da semana do meio do mês

Não gosto de meias tintas
Não gosto de copos meios vazios
Mas gosto de sentir-me meio cheio
Não gosto de me sentar no meio
Não gosto de desfazer pessoas ao meio
Mas gosto de meia desfeita
E de postas do meio

Gosto de gente de palmo e meio
Ainda sou meio criança também
Não gosto de gente que não olha a meios
Não gosto do meio político
Não gosto de ver o meu clube no meio da tabela
Não gosto de circular pelo meio das rotundas
Mas gosto rotunda e expressamente do oriente do meio

Não gosto de coisas meias quentes
Mas gosto de meias quentes
Também das de leite
Gosto de dividir a meias
Não gosto do meio das minhas pernas
Mas gosto do meio de femininas pernas
Sempre fui meio doido por rótulas formosas

Mas isto sou apenas eu
Pessoa mediana, e
de permeio,
Genialmente meio louca
E de pouco gosto

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.

Vivi quase sempre no sonho Cedo me omiti da realidade Quando realizei o que não vivi Até para sonhar já era tarde E da não vida que se ...