segunda-feira, 20 de outubro de 2014

"Luz"

Quando o sol não nos chega à alma
Quando a luz se fecha na palma da mão
Quando a lua tem fases sem calma
E tudo o resto sequer brilha no meu coração

Acalmia de quando tudo importa
E nada se desfaz sem razão
Abrindo uma nova porta
Espreitando, olho por olho
Pegando mão sobre mão

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.

Vivi quase sempre no sonho Cedo me omiti da realidade Quando realizei o que não vivi Até para sonhar já era tarde E da não vida que se ...