segunda-feira, 25 de agosto de 2014

"Vontade"

Tenho vontade de escrever palavras que não chorem
Tenho vontade de ditar texto aos meus dedos sós
Tenho vontade de desfiar os não sentimentos
Vontade de ser mais do que me conheço
Mas, por agora, apenas por um minuto, entristeço...
Depois esqueço e recomeço
A ter a vontade que incitou estas palavras

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.

Vivi quase sempre no sonho Cedo me omiti da realidade Quando realizei o que não vivi Até para sonhar já era tarde E da não vida que se ...