quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

"Sonhos"

O sonhar será porventura ilusão da consciência
Destinada aos que só em sonho concretizam
Que não querendo abandonar a sonolência
Vivem somente a vida de sonho que idealizam
Mas sonhar pode ser aventura da inconsciência
Vivida em pleno sonho pelos que o realizam
Dela se desprendendo a sublime inocência
Que à vida sorri pelos amores que os sonhos profetizam

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.

Vivi quase sempre no sonho Cedo me omiti da realidade Quando realizei o que não vivi Até para sonhar já era tarde E da não vida que se ...